Hilton Luzz
em (des)construção desde 1989
Capa Textos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Paixão Verdadeira
               Provar do gosto de se apaixonar é como beijar um lábio tanto antes desejado. Frisson. Um frio que escorre pelo estômago e um calafrio que chega aos braços. Gostar de alguém pode ser bem mais que apenas uma demonstração de confiança em si, pode ser também um momento de ser um verdadeiro poeta, como diria Platão – pois todo apaixonado se torna um, inevitavelmente.
               Ser apaixonado é ser, nada mais que, um sonhador no meio de pessoas cheias de realidade, querendo que se apague logo o fogo do primeiro, do segundo e do terceiro encontro. Tudo porque nunca vivenciaram – de verdade – um desejo tão ardente quanto esse. Fazer o que?
               Olho no olho. Deslizar os dedos sobre a face e prender uma cintura à outra. Sentir a respiração forte rente aos lábios. Imaginar que aquele momento tem um sentido eterno e único. E dura, não mais que apenas alguns bons momentos. E se vai. Volta. Paixão. Fato!
               Como quando você encontra um alguém que faz os seus dias valerem a pena? Que te tira todas as preocupações e só te permite pensar nesse alguém? Quando às cinco da manhã você recebe uma mensagem no celular da paixão da sua vida dizendo que não consegue te tirar da cabeça? A vida tem um novo sentido. Votos renovados. Simples. Paixão doce para ser sentida, não explicada. Paixão para ser vivida e não deixada para trás. Momento único e honesto onde podemos nos despir de nossas máscaras e ser quem realmente somos e entregar nossa confiança nesse alguém. Ser apaixonado significa que você sabe que a vida só tem sentido quando se doa de si por desejo a alguém, quando o sentimento é recíproco. Ah, isso sim é bom!
               Na paixão se cria uma ponte para o amor, onde as aceitações e os defeitos se juntam e se fazem honestidade e integridade. Lealdade. Paixão é a fonte para um amor saudável. Então, para que evitar esse sentimento tão especial?
Hilton Luzz
Enviado por Hilton Luzz em 18/04/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários